Suspeito de matar vereador na PB é achado morto; polícia descarta latrocínio

Policial 26/12/2016 às 18:13


Um jovem de 18 anos, suspeito de participar no assassinato de um vereador, na tarde desse domingo (25), foi encontrado morto com um tiro nas costas, na manhã desta segunda-feira (26), no município de Pocinhos, Agreste paraibano, a 135 km de João Pessoa. Inicialmente, a polícia tratava o caso como latrocínio, mas essa hipótese foi descartada pelas autoridades.
 
De acordo com o delegado Durval de Barros, o jovem é conhecido da polícia e sua participação no crime foi confirmada. A polícia chegou ao corpo após fotos do jovem morto serem postadas em uma rede social.
 
“O rapaz tem passagens pela polícia e já conseguimos confirmar a participação dele no crime, que não foi latrocínio, e sim um homicídio. Até chegamos a receber informações de outro homem que havia sido morto por participação no crime, mas realizamos buscas na região e não encontramos outro corpo”, contou o delegado.
 
Segundo o delegado, o vereador foi morto enquanto realizava a distribuição de carne para moradores de Pocinhos. A vítima estava chegando à fazenda de um amigo quando foi abordada pelo suspeito morto e outra pessoa.
 
“O vereador tinha o costume de matar quatro bois e distribuir a carne para a população local durante o Natal. Ele iria entregar a carne na fazenda de um amigo quando foi abordado pelo suspeito morto e por outra pessoa. Houve discussão e essas duas pessoas atiraram contra o vereador, que estava desarmado. Ou seja, o que vem sendo indicado é que os suspeitos tinham intenção de matar, o que descarta o latrocínio, já que nada foi roubado”, afirmou o delegado.
 
Ainda segundo o delegado, agora, a polícia vai tentar identificar quem seria a outra pessoa que estava com o suspeito morto no momento da discussão e assassinato do vereador.

VITRINE DO CARIRI
Portal Correio

Compartilhe isso

Comentários