Lira admite disputar liderança do governo no Senado com Renan Calheiros

Política 09/01/2017 às 14:02


O senador Raimundo Lira (PMDB) admitiu disputar a liderança do governo Michel Temer, no Senado Federal. Ele disse que ainda não tem uma decisão definitiva, mas analisará os cenários em seu retorno à Brasília. Lira está na Paraíba aproveitando o recesso, até o próximo dia 23.
 
Sobre as especulações de que poderia ser nomeado ministro do Planejamento, Raimundo Lira disse que só avaliaria essa possibilidade se houvesse como carrear benefícios ao estado por esse cargo. "Teria que ser uma decisão muito bem pensada. Esse convite está no campo da especulação. Só aceitaria pensar nessa ideia se tivesse como ajudar a Paraíba", argumentou.
 
No caso da função de líder do governo no Senado, Raimundo Lira admitiu que é uma proposta sob análise, mas que só na volta dos trabalhos é que pode avaliar com sue grupo político essa ideia. Ele lembrou que o atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), tem dito que pode também disputar a liderança, Por isso, teria que avaliar suas chances numa disputa interna.
 
Lira já definiu seu voto para Eunício de Oliveira, na disputa pela sucessão da presidência do Senado Federal, no lugar de Renan Calheiros. Ele acha que a base do governo Michel Temer pode garantir a Eunício mais de 60 votos, assegurando uma vitória com folga, nos 81 votos possíveis.
 
VITRINE DO CARIRI
Portal Correio

Compartilhe isso

Comentários