Toc: Nova comédia estrelada por Tatá Werneck retrata o mundo das celebridades

Entretenimento 03/02/2017 às 11:05


Cena do Longa TOC Cena do Longa TOC

Reconhecida por sua veia cômica, a atriz aparece diferente no papel de Kika K., jovem atriz em ascensão que parece ter a vida perfeita, com papel de destaque em novela e estrela de campanhas publicitárias, um namorado galã e que é idolatrada pelos fãs. Apesar dos holofotes, ela sente-se triste e ainda precisa lidar com um distúrbio de ansiedade. Embora classificado como comédia, o longa tem doses de drama, e Tatá se mostra muito bem nesse outro gênero.

Cheio de graça, mas com crítica, o filme reflete sobre a onipresença das celebridades, que conquistam legiões de seguidores, mesmo que muitas vezes sejam pessoas vazias. Fama, dinheiro e sucesso nem sempre se traduzem em felicidade, essa crise pessoal é a trama de TOC – Transtornada, Obsessiva, Compulsiva.

O roteiro foge do padrão do gênero no país, com piadas que funcionam sem forçar e bons diálogos, e a edição caprichada, com o diferencial da pegada videoclíptica, recurso para mostrar o que passa na cabeça da personagem.

É um filme que provoca reflexão. Por trás das aparências bonitas, Kika K. precisa lidar com um fã obsessivo (Luis Lobianco), o namorado galã sem noção (Bruno Gagliasso) e os inúmeros compromissos profissionais marcados pela exigente empresária (Vera Holtz, em mais uma atuação fora de série). Além disso, tem que conviver com seu Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Mas tudo ganha outra perspectiva quando encontra Vladimir (Daniel Furlan), um nerd e despretensioso atendente de livraria que ela conhece no lançamento de seu livro de autoajuda.

Raul Seixas na trilha e improviso são destaques

Uma das melhores sequências de TOC é quando Kika K. cumpre sua agenda lotada ao som de Ouro de Tolo, de Raul Seixas (Eu devia estar sorrindo e orgulhoso / Por ter finalmente vencido na vida / Mas eu acho isso uma grande piada / E um tanto quanto perigosa). Aliás, a trilha sonora também garante parte do humor do filme.

Participação Especial

Para coroar essa boa estreia, TOC ainda contam com a participação superespecial de Ingrid Guimarães, que vive ela mesma e uma espécie de rival da personagem de Tatá. A passagem das duas na sala de espera de um canal de televisão enquanto esperam pelo resultado de um teste para protagonizar a próxima novela das nove é uma das mais divertidas da produção. Detalhe: foi totalmente filmada de improviso.

Em Cartaz:

Cinecercla Campina Grande

Horários: 16:30 e 18:30

Cinesercla Tambiá - João Pessoa

 Horários: 14:40 – 16:40 – 18:40 e 20:40

Manaíra Shopping

Horários: 14:30 – 17:00 – 19:30 – 22:10

 

 

 

 


 

 

 

Compartilhe isso

Comentários