Ricardo Marcelo admite repensar possibilidade de deixar a vida pública em 2018

Política 10/02/2017 às 09:48


 O deputado Ricardo Marcelo (PMDB) ressaltou na manhã desta sexta-feira (10), que apesar de fazer parte da bancada de oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB) na Assembleia Legislativa, jamais fará uma oposição sistemática a quem quer que seja Governo.

 
“Minha postura vai ser como sempre foi de isenção e equilíbrio e é assim que vou permanecer”, disse o parlamentar destacando que vai terminar seu mando de cabeça erguida.
 
Na entrevista Ricardo Marcelo, lembrou que no momento sua vontade é concluir seu mandato e deixar a vida pública, não concorrendo a sua reeleição em 2018.
 
“Mas eu estou recebendo de correligionários pedidos para não deixar, mas hoje estou muito focado no setor empresarial, mas ainda tem tempo para ver se eu consigo conciliar. Senão vou prestar um serviço a população de empresário gerando emprego e renda como tenho feito a 30 anos”, a firmou Marcelo que não negou a possibilidade de lançar alguém.
 
Marcelo comentou ainda sobre como vê a posição do seu partido na disputa pelas comissões, bem como a crise interna que hoje divide a sigla entre a ala que defende o rompimento com o Governo do Estado e a ala que quer a manutenção. “Hoje meu partido está vivendo essa cizânia, onde dos quatro parlamentares dois fazem oposição e dois dão sustentação ao Governo do Estado. Mas o que eu quero é contribuir com a Paraíba”, disse.
 
O pemedebista afirmou também que seu recente encontro com o Senador Raimundo Lira foi uma reunião para discutir como pode fazer o engrandecimento da sigla que perdeu dezenas de prefeituras no último pleito. “É evidente que o partido caiu de 57 para 27 prefeituras. Enfim essa foi a nossa conversa”, finalizou.

Compartilhe isso

Comentários