Polícia diz que assassinato e tentativa de homicídio em Monteiro foi motivada por ciúmes

Policial 15/02/2017 às 09:09


 A Polícia Civil de Monteiro iniciou rapidamente a investigação do assassinato de um jovem e tentativa de homicídio ocorrido nesta madrugada de segunda-feira (13) em Monteiro. Segundo o delegado Dr. Paulo Rabelo, o crime tem características passionais e os dois tem um mesmo homem como principal suspeito.

 
Poucas horas após os dois crimes, a polícia realizou a operação saturação, que é deflagrada sempre após crimes contra a vida. Após uma varredura na cidade, o acusado José Alexandre Monteiro Caetano, de 35 anos, conhecido como Dotinha, foi preso em flagrante no sítio Tamanduá, zona rural de Monteiro.
 
Segundo Dr. Paulo Rabelo, a vítima que sofreu a tentativa de homicídio ainda na madrugada, Adailton da Paz de 33 anos, poderia ter se relacionado com a esposa do acusado e isto teria motivado sua ira. Ainda segundo a autoridade policial, o acusado teria assassinado mais tarde o jovem Fábio Renan Ferreira da Silva, de apenas 22 anos, por ter presenciado a tentativa de homicídio ou ter relação próxima com Adailton.
 
Na Delegacia de Monteiro, o acusado confirmou ter tentado matar Adailton, mas nega que tenha matado o jovem Fábio Renan, conhecido como Juba.
 
Relembre o caso
 
A semana começou com o registro de um homicídio e uma tentativa de homicídio na cidade de Monteiro. Os crimes ocorreram entre a madrugada e manhã desta segunda (13) em curto intervalo de tempo.
 
Durante a madrugada, um homem foi esfaqueado em uma danceteria localizada na Rua do Bujão. Segundo informações apuradas, ele estava em companhia do agressor, que inclusive havia pedido a sua motocicleta emprestada para possivelmente pegar a arma em casa.
 
A vítima foi atingida com um golpe na altura do peito e foi socorrida para o Hospital local, sendo transferido logo em seguida para o Hospital de Trauma de Campina Grande.
 
Já nas primeiras horas da manhã de ontem, outro jovem de 22 anos foi assassinado com golpes de faca. O crime aconteceu na Rua Gilvan Aleixo. A polícia agiu rápido e prendeu o homem que é suspeito de praticar os dois crimes.
 
VITRINE DO CARIRI
De Olho no Cariri

Compartilhe isso

Comentários