Oposição quer discutir reivindicações da polícia na PB; governo vê estímulo à greve

Política 15/02/2017 às 09:20


 O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) apresentou na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) um requerimento convocando uma audiência pública para discutir as reivindicações salariais das polícias Civil e Militar. Segundo ele, a ideia é que o Legislativo antecipe o debate e abra um canal de diálogo com o Executivo, para evitar que haja uma paralisação como aconteceu no Espírito Santo.

 
A ideia do deputado Raniery Paulino provocou a reação do líder do governo na ALPB, deputado Hervázio Bezerra (PSDB). Para ele, "é uma temeridade" a convocação de uma audiência pública, porque pode "servir de estopim e deflagrar um movimento paredista dessas categorias".
 
Raniery argumentou que "há uma situação tensa" em todo o país e a Assembleia pode fazer uma mediação com o governo, com as categorias. Ele discorda de Hervázio e diz que a audiência seria "uma válvula" para permitir o diálogo, dentro do consenso para estabelecer soluções. "Sou deputado de muita responsabilidade e de muito consenso. Não sou deputado de estimular para que ocorra na Paraíba o que ocorreu no Espírito Santo", comentou.
 
Nesta terça-feira (14), antes da solenidade de lançamento do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba 2017, no Espaço Cultural, o governador Ricardo Coutinho revelou que pretende anunciar um plano de incorporação de gratificações aos salários dos PMs. A proposta é se antecipar a algumas reivindicações da Polícia Militar, para inibir um movimento de familiares pela paralisação.
 

Compartilhe isso

Comentários