Polícia intensifica repressão ao tráfico e desarticula pontos de venda de drogas

Policial 10/03/2017 às 17:49


 A Polícia Civil da Paraíba, em decorrência de investigações realizadas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Campina Grande prendeu, nesta quinta-feira (9), Tássio Cunha Lima e Giuseppe Bezerra Vital dos Santos, ambos com 18 anos, suspeitos de tráfico de drogas nos bairros de Jardim Paulistano e Distrito Mecânico. Os jovens já haviam sido apreendidos antes de atingirem a maioridade, por práticas infracionais equiparadas a furto e receptação.

Com os dois foram apreendidos pedras de crack, um revólver calibre 32, com munições de mesmo calibre e um veículo com placas de Pernambuco. Chamou a atenção dos investigadores o fato do veículo apresentar várias perfurações de tiros na lataria e nos vidros, grosseiramente cobertas com fita adesiva de cor preta, o que está sendo investigado pela DRE. Um terceiro integrante do grupo criminoso já foi identificado e as diligências continuam em curso, na tentativa de prendê-lo.
 
Na quarta-feira (8), a equipe da DRE de Campina Grande também foi responsável por desarticular um ponto de venda de drogas no bairro do Januário. Durante ação policial foram apreendidas 140 pedras de pedras de crack, meio quilo de maconha, uma balança de precisão, sacos para embalagem de droga, mais de 100 frascos para armazenamento de loló, além de vários apetrechos voltados ao tráfico de drogas.
 
Foram presos em flagrante Claudiana Soares de Sousa, 33 anos, Fabiana de Aquino Lima, 35 anos e Jeferson Anderson de Oliveira, 22 anos. Fabiana já possui condenações pelos crimes de tráfico de drogas e furtos.
 
De acordo com o delegado Ramirez São Pedro, titular da Repressão e Entorpecentes, as investigações partiram de diversas informações, no total, foram oito ligações através do número 197 – Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social, apontando a atividade ilícita empreendida pelos suspeitos. O trio foi conduzido à delegacia para procedimento de flagrante e autuado por tráfico de droga e associação para o tráfico e ainda por receptação de produtos, já que, com os presos foram encontrados um tablet e celulares possivelmente roubados.
 

Compartilhe isso

Comentários