Datena se irrita com convite feito por empresa de armas

Entretenimento 17/03/2017 às 09:37


 José Luiz Datena se irritou com convite para almoço feito por uma empresa de armas, e promoveu um desabafo, ao vivo, durante o “Brasil Urgente”, da Band, nesta quinta-feira (16).

 
O convite com um dos representantes da Taurus teria sido feito a Datena depois que o programa dele exibiu uma série de reportagens sobre o mau funcionamento de armas da empresa. Em resposta, o apresentador negou que seja político “para fazer lobby ou caixa 2”.
 
“Por qual motivo eu vou querer almoçar com uma pessoa que representa empresa de armas, que representa o cacete? Eu não sou político ainda não para fazer lobby para os outros, ou para fazer caixa 2. Até arrisquei a ser, talvez seja por isso que não fui. Então, não me convida para almoçar que eu não vou”, reclamou o jornalista, ao vivo. “Eu que quero que a Taurus (respiração)… fabrique pelo menos arma que atire”, completou.
 
O Governo do Estado de São Paulo suspendeu por dois anos a compra de armas da empresa depois que falhas foram encontradas em 6 mil submetralhadoras (adquiridas em 2011). A compra teria causado prejuízo aos cofres públicos, já que o armamento não pode ser usado.
 
No ar, Datena voltou a cobrar também as autoridades de São Paulo por uma ação contra a empresa. “E tem outra coisa, o Estado de São Paulo tem que pedir uma indenização desgraçada pelo prejuízo que essa Taurus representou aos cofres”, finalizou.

Compartilhe isso

Comentários