Cabo eleitoral de Aécio Neves é preso com 17 kg de cocaína em revista

Brasil 03/04/2017 às 20:20


 Cabo eleitoral do ex-governador Aécio Neves (PSDB-MG), em 2014, e entusiasta do impeachment de Dilma Rousseff um homem foi preso com 17 kg de cocaína, em Mamanguape, na Paraíba. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o suspeito, que tem 51 anos, dirigia um Chevrolet Montana com placas de São Paulo, quando foi flagrado por agentes em um posto de fiscalização na BR-101, km 51.

Segundo a PRF, os agentes desconfiaram do fato do suspeito estar inquieto e pediram para que ele saísse do veículo para uma revista mais minuciosa. Os tabletes de cocaína em pó estavam debaixo do forro das portas.
 
Ao perceber que ia ser flagrado, o homem, conhecido por vender pamonha em São Paulo e cujo nome não foi divulgado, tentou fugir. Em depoimento, ele disse que recebeu R$ 5 mil para transportar a droga do Rio Grande do Norte até São Paulo. A Delegacia da Polícia Civil de Mamanguape está investigando o caso.

Compartilhe isso

Comentários