Começa Campanha Nacional Contra Influenza no município de Monteiro

Regional 17/04/2017 às 21:39


 O Departamento de Vigilância em Saúde do município de Monteiro deu início à Campanha Nacional Contra Influenza nesta segunda-feira, dia 17.

Durante a Campanha serão imunizados os profissionais de saúde, crianças de 06 meses a 05 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres no período de até 45 dias pós-parto), pessoas a partir de 60 anos, pessoas de 12 a 21 anos sob medidas sócio-educativas, professores, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e pessoas com condições especiais com recomendação médica.
 
A meta da Vigilância é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. A 19ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza, mais conhecida como gripe, terá o seu “Dia D” no sábado dia 13 de maio, das 08 às 17h.
 
A vacina estará disponível em todos os postos de saúde da família:
 
PSF 01 no Sítio Pitombeira, PSF 02 na Vila Popular, no PSF 03 na Rua Vespaziano Guerra, 04 na Vila Santa Maria, 05 na Comunidade do Mulungú, no Sítio Santa Catarina no PSF 06, no bairro Bela Vista no PSF 07, no PSF 08 no Alto de São Vicente, PSF 09 na Praça João Pessoa, PSF 10 no Sítio Cacimba de Cima e no PSF 11 no Sítio Mocó.
 
A Campanha visa reduzir complicações, internações e mortes em decorrência das infecções causadas pelo vírus no público alvo. A vacina garante proteção contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e B). 
 
“É justamente neste período de instabilidade climática que acontece a maior incidência da doença, por isso é muito importante que cada monteirense dentro dos requisitos compareça aos postos de vacinação e fiquem imunes. Convido a todos para que possam usufruir da vacina e assim de uma melhor saúde.” Disse a Prefeita Anna Lorena Leite.
 
Saiba Mais
 
Influenza – Também conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-condicionadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.
 
Como Evitar
 
• Lavar as mãos com água e sabão frequentemente (principalmente antes de consumir algum alimento, tocar os olhos, nariz ou boca e após tossir, espirrar e/ou usar o banheiro);
 
• Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço descartável e após o uso descartá-los em lixeiras;
 
• Na ausência do lenço, usar o ombro ou antebraço interno como barreira ao tossir ou espirrar;
 
• Não compartilhar alimentos, copos, garrafas, toalhas e objetos de uso pessoal;
 
• Manter os ambientes ventilados, com portas e janelas abertas, para favorecer a circulação de ar;
 
• Pessoas com gripe/resfriado devem evitar ambientes fechados e aglomerados, assim como contato direto com outras pessoas (abraço, beijo, apertos de mão etc.);
 
• Evitar sair de casa durante o período de transmissão da doença. Em adultos, este período dura, em média, até cinco dias após o início dos sintomas, e em crianças pode durar, em média, 10 dias;
 
• Não usar medicamentos sem orientação médica. A automedicação pode ser prejudicial à saúde;
 
• Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.
 

Compartilhe isso

Comentários