Campinense barra interesse do Remo e Reinaldo Alagoano segue na Raposa

Esporte 16/05/2017 às 20:13


 Colocando um ponto final no interesse do Remo no atacante Reinaldo Alagoano, o gerente de futebol do Campinense, Marquinhos Marabá, disse nesta terça-feira que o clube de Campina Grande já acordou com o jogador a sua permanência na Raposa para disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

O dirigente admitiu que o time paraense estava há dois meses tentando levar o atleta para Belém, mas deixou claro que o jogador faz parte do planejamento da Raposa para o acesso à Série C e que não o libera sob nenhuma hipótese.
 
Reinaldo Alagoano tem contrato conosco até setembro. Ele pode ter recebido proposta do Barcelona ou do Real Madrid, mas ele só sai se o clube liberar - brincou Marabá.
 
Depois do tom de brincadeira ao falar sobre os gigantes da Europa, Marquinhos Marabá voltou a falar sério. E disse que o atleta é peça-chave para o setor ofensivo raposeiro. E que por isso o clube não abre mão de contar com ele.
 
- Ele tem contrato conosco e só sai com autorização do clube. E não está no nosso planejamento perder o atleta. Não tem nenhuma possibilidade dele sair daqui. Já conversamos com o atleta, fizemos todos os esforços possíveis para manter ele no nosso projeto do acesso e que ele se sinta feliz aqui - contou.
 
Marabá revelou ainda que, além do Remo, outros times que atualmente disputam a Série C teriam feito propostas para tirar Reinaldo Alagoano do Campinense. Fortaleza, CSA e ASA de Arapiraca estariam entre as equipes que quiseram levar o atacante para a disputa da terceira divisão nacional, porém sem sucesso.
 
Reinaldo Alagoano chegou ao Campinense no final de março, após quase fechar com o arquirrival da Raposa, o Treze. O fato de o time do Alto da Bela Vista ter calendário durante os dois semestres da temporada teria pesado na hora da decisão por onde jogar.
 
Desde que chegou no clube, Reinaldo Alagoano só não foi escalado no jogo contra o Paraíba de Cajazeiras, quando a sua equipe já estava classificada e atuou com os reservas na vitória por 2 a 1. Ao todo, foram três gols marcados em seis jogos.

Compartilhe isso

Comentários