Jogando em Curitiba, Brasil perde para França no desempate e fica com a prata

Esporte 09/07/2017 às 10:21


 As quase 23.200 pessoas que encheram o estádio do Atlético Paranaense, em Curitiba, na noite desse sábado (8) podem não ter comemorado o título, mas fizeram a festa e tiveram emoção de sobra diante de uma final extremamente disputada, equilibrada e com grandes lances. No final, melhor para a França, que venceu o Brasil somente no set desempate, por 3 sets a 2, com parciais de 21/25, 25/15, 25/23, 19/25 e 15/13, depois de mais de duas horas de partida. O Canadá bateu os Estados Unidos por 3 sets a 1 e ficou com a medalha de bronze.Comente no fim da matéria.

O oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli dividiram o posto de maiores pontuadores da seleção brasileira, com 22 acertos cada um. O ponteiro francês Ngapeth foi quem mais pontuou na partida, com 29 pontos.
 
Wallace destacou o bom desempenho do adversário na noite deste sábado. “Fizemos grandes partidas e soubemos lidar com cada situação adversa. Hoje (sábado) não foi diferente. Não dá para tirar os méritos da França. Eles jogaram muito bem. Agora é seguir em frente, com o mesmo orgulho de representar a seleção brasileira”, disse o oposto da seleção braisleira.
 
O técnico Renan também fez elogios a grande final disputada na Arena da Baixada. “Foi um jogo espetacular. Eles defenderam muito bem, nos colocaram em muita dificuldade e nós sabíamos que seria assim, um jogo decidido lá em cima, no detalhe. Queria muito agradecer a cada um desses jogadores. Todos se entregaram ao máximo, lutaram e o placar de hoje mostra o nível da competição”, disse Renan.
 
O Brasil encerrou a Liga Mundial com nove vitórias em 13 jogos disputados. Mesmo com o resultado negativo nesta final, a seleção brasileira segue como a maior vencedora da Liga Mundial, com nove títulos, conquistados em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2010.

Compartilhe isso

Comentários