SES recomenda a municípios intensificação de ações educativas e vacinação

Paraíba 15/07/2017 às 19:53


 A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está recomendando aos municípios que intensifiquem a vacinação contra hepatite B, distribuição de testes rápidos e fortalecimento de ações educativas sobre a doença.

 
Essa postura faz parte das ações da Gerência Operacional de IST/HIV/Aids para marcar a ‘luta contra hepatites virais’, cujo dia mundial transcorre em 28 deste mês.
 
“Sugerimos que sejam intensificadas as ações educativas, através de distribuição de material educativo, palestras em salas de espera das Unidades Básicas de Saúde (UBS), sobre as medidas de prevenção e controle; distribuição de preservativos; intensificação da vacinação para Hepatite B e ampliação da oferta de testes rápidos para facilitar o diagnóstico precoce, entre outras ações”, explicou a gerente da SES, Ivoneide Lucena.
 
De 2007 a 2017, foram registrados na Paraíba 2.878 casos de hepatite A; 1.235 de hepatite B e 1.526 de hepatite C, sendo 535 casos confirmados e 991 contatos com o vírus.
 
Doença silenciosa
 
As hepatites são causadas por um vírus que ataca o fígado, de forma lenta e silenciosa, sem sintomas físicos para o portador. O vírus, quase sempre, destrói o fígado da pessoa contaminada, ocasionando, na maioria das vezes, cirrose e câncer hepático. A evolução do dano hepático é diferente para cada indivíduo, podendo levar até 20 anos para a manifestação da doença.
 
“Estamos contando ainda com o empenho dos gerentes regionais de Saúde, no que diz respeito à importância das medidas preventivas; diagnóstico precoce e tratamento adequado deste grave problema de saúde pública do Brasil e do mundo”, declarou Ivoneide.

Compartilhe isso

Comentários