Gurjão incrementa novo ponto turístico durante a Festa do Bode na Rua

Entretenimento 27/07/2017 às 16:07


Para incrementar o Turismo ecológico, a cidade de Gurjão, no Cariri paraibano, inovará numa proposta. O município tem um geossítio, lugar de estudo da geologia, notável pelo científico, didático ou turístico e pela singularidade das formações geológicas, chamado Pedra da Tartaruga. Esse local foi melhorado, agora com um ponto de apoio de comidas típicas e forró pé de serra para animar os visitantes. A ideia é mostrar ao turista que a cidade tem atrativos, durante a 18ª Festa do Bode na Rua, que vai da quinta-feira (27) ao domingo (30).

Como outro incentivo ao Turismo, foi criado o Busão do Forró, que levará os visitantes, no domingo (30), da cidade de Gurjão a comunidade Santa Rita, onde fica o Geossítio da Pedra da Tartaruga. O Busão sai às 8h da frente da prefeitura. Na Pedra, uma casa de taipa com o ritmo do forró foram planejados para animar a todos com ritmo e o gosto da culinária caprina.

“O importante é o empreendedor rural saber que ele pode melhorar, negociar, aprender e se tornar forte em cadeia produtiva. Esperamos o maior número de visitantes nesta 1ª edição do Busão do Forró, que acontecerá na Festa do Bode na Rua”, disse a gestora do projeto Desenvolvimento Territorial (DET) do Cariri Oriental do Sebrae Paraíba, Andrea Xavier.

O desenvolvimento territorial é realizado em parceria com Sebrae Paraíba há alguns anos no território do Cariri. Essa parte Oriental, que pretende implementar a Rota dos Lajedos, envolve Gurjão e mais sete municípios. Esta nova Rota ficará pronta até o final deste ano, conforme a gestora do Sebrae.

O Bode na Rua atualmente rende R$ 1,2 milhões em negócios à cidade, somente durante o evento. Os organizadores da Festa esperam atrair 35 mil visitantes durante os quatro dias. O evento movimenta a economia e estimula o desenvolvimento através da caprinocultura e dos produtos associados ao Turismo. O slogan da Festa é “o mundo da caprinocultura” para incentivar a evolução na produção rural. A programação está no site da prefeitura.
 
Geossítio – A Pedra da Tartaruga é geossítio, também, por ser escolhido pela natureza mineral do subsolo e pelo valor paleontológico. No sentido mais amplo, segundo os geógrafos, geossítio corresponde aos geoparques. No sentido mais estrito, designa um determinado e específico lugar ou formação dentro destes.

VITRINE DO CARIRI
Ascom

Compartilhe isso

Comentários