Maranhão mira Governo em 2018 e põe em xeque união das oposições no 1º turno

Política 03/08/2017 às 10:04


 Sucinto nas respostas, o senador e presidente do PMDB José Maranhão, voltou a defender que o partido tenha candidatura própria em 2018.

 
José Maranhão que já governou a Paraíba três vezes, deixou claro que o  PMDB continua grande no Estado e não quer ser coadjuvante do pleito que se aproxima, mas protagonista.
 
Em entrevista a Rádio Correio FM, Maranhão disse que se for convocado pelo partido para o embate de 2018, estará a disposição e poderá sim, disputar mais uma vez o governo do Estado.
 
Ele negou que tenha sido procurado por outras legendas como o PSDB e o PSD para iniciar negociaçôes visando alianças politicas para 2018.
 
Disse que defende a união das oposições e que até o momento não foi procurado por aliados do governador Ricardo Coutinho para propor uma reaproxixmação.
 
- Eu defendo a união das oposições, mas o PMDB reivindica e defende candidatura própria de governador.  Pode ser qualquer nome do partido. Eu apenas me coloquei a disposicão - disse.
 
VITRINE DO CARIRI
Severino Lopes
 

Compartilhe isso

Comentários