'Interatos' traz ações no Espaço Cultural e performances de rua em João Pessoa

Cultura 30/08/2017 às 09:04


 A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza, de 1º a 6 de setembro, mais uma edição do projeto “Interatos – mostra e formação permanente de teatro, dança e circo”. A programação deste mês não se limita às ações nas dependências do Espaço Cultural, também leva performances para a rua.

 
A primeira delas acontece na sexta-feira (1º de setembro), às 20h, na praia de Tambaú. Trata-se da performance de dança Rec(L)usadx, com Elke Siedler (SC). 
No sábado (2), o Interatos ganha as ruas do entorno do Espaço Cultural, em Tambauzinho, com a performance “Binóculos”, de Líria Morays (PA/PB).
 
A observação será feita a partir dos mezaninos, com binóculos distribuídos ao público pela produção. O acesso é gratuito. No mesmo dia, às 20h, será apresentada no Teatro Paulo Pontes a performance “Metal”, com o Balé Cidade de Campina Grande. O acesso custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada).
 
Ainda na parte de dança acontece a oficina “Compartilhamento dos Princípios Organizativos dos Movimentos Rec(L)usadx, com Elke Siedler (SC), no sábado (2) e domingo (3), das 14h às 17h. As inscrições são gratuitas e devem ser solicitadas pelo e-mail dancafunesc@gmail.com.
 
Interatos de teatro recebe Carlos Simioni para ministrar oficina “A presença do ator” para profissionais de teatro, dança e circo, também ministrará aulas e desenvolverá um trabalho com o curso de teatro da Funesc e fará demonstração técnica “Prisão para a liberdade” aberta ao público para encerrar sua passagem por João Pessoa no período de 2 a 6 de setembro. Para participar das atividades de teatro (com exceção da última) é preciso solicitar inscrição pelo e-mail teatrofunesc@gmail.com.
 
Na parte de circo, a programação deste mês resgata a tradição do universo circense com o espetáculo “O Sonho Continua!”, do grupo American Circo. A apresentação acontece no domingo (3), às 19h. A entrada custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada).

Parceria com a PBGás - A Companhia Paraibana de Gás (PBGás) e a Fundação Espaço Cultural da Paraíba estão juntas na realização do projeto Interatos, colocando a cidade de João Pessoa no roteiro das principais produções de teatro, dança e circo do país.
 
Este ano, foi assinado contrato de patrocínio entre a PBGás e a Funesc para a realização do projeto Interatos, que promove atividades permanentes entre os meses de março a dezembro, sempre no primeiro fim de semana do mês, com espetáculos cênicos do Brasil e da Paraíba.
 
Dentro do projeto Interatos serão desenvolvidos, ao longo do ano, atividades de formação e espetáculos de teatro, circo e dança patrocinado pelo Boticário e a PBGás, através da Lei Rouanet.

Patrocínio de O Boticário - O patrocínio de O Boticário é resultado de um edital nacional da empresa. O Interatos teve projeto aprovado no ‘O Boticário na Dança’, um programa de patrocínios a projetos culturais voltado exclusivamente para a área da dança.
 
‘O Boticário na Dança’ é estruturado com a finalidade de contribuir para a preservação, a valorização e o acesso à dança e às suas diversas manifestações; fortalecer a produção cultural de grupos, criadores e artistas; e estimular a formação de público e talentos para a área.
 
Os apoios são direcionados a festivais, mostras, espetáculos, manutenção de companhias, circulação, produção de vídeos, livros e periódicos, sites, cursos, workshops, oficinas, palestras, fóruns, exposição fotográfica e exibição de vídeos e filmes.

Interatos - Realizado pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba, o ‘Interatos – Mostra e Formação Permanente de Dança’ promove mensalmente apresentações e atividades formativas (oficinas, cursos, debates, rodas de conversa, seminários) com artistas paraibanos, nacionais e internacionais.
 
Sob coordenação de Ângela Navarro, o setor de Dança tem programação regular nos equipamentos da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc), complexo cultural com uma das maiores áreas construídas na América Latina, lugar central e seguro que possui entre seus equipamentos uma escola de dança, com cerca de 500 alunos. Já a parte de teatro tem coordenação de Suzy Lopes e mantém um curso anual de formação, além de oficinas e montagens teatrais. A coordenação de circo tem à frente Diocélio Barbosa e conta com a Escola Livre de Circo Djalma Buranhêm, onde são realizados cursos de formação regulares e atividades lúdico-educativas para crianças e bebês.

Compartilhe isso

Comentários