Secretaria da Segurança lança o aplicativo para facilitar chamadas à polícia

Policial 03/09/2017 às 11:39


O trote que para muitos é apenas um divertimento, na realidade é um problema grave e é previsto no Código Penal Brasileiro de Lei nº 2.848 e Art. 340, que menciona pena ou detenção de um a seis meses, ou multa inicial de um salário mínimo conforme a ocorrência. A Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Seds) lançou no Centro de Educação da Polícia Militar, o aplicativo ‘SOS Cidadão’, que funcionará em smartphones, e tem o objetivo de estender o atendimento à população pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop). O serviço permite que as pessoas possam fazer chamadas à polícia e pretende ajudar a minimizar a quantidade de trotes recebidos diariamente.

“O SOS Cidadão irá ajudar a resolver um problema muito sério, que é a questão dos trotes. Por mês, o Ciop recebe uma média de 100 mil ligações, sendo que quase 20 mil são ligações indevidas, que acabam ocupando uma linha, muitas vezes há o deslocamento de viaturas e isso causa transtornos à polícia e aos bombeiros”, esclareceu Arnaldo Sobrinho, coordenador do Ciop.

Durante o lançamento do software, o coronel Arnaldo Sobrinho, explicou como o programa vai funcionar. “O usuário, após fazer download através do Play Store e na Apple Store, realizará o cadastro, que será validado pelo Centro Integrado, isso com o registro de CPF e outros dados pessoais. A partir disso, o cidadão poderá fazer a chamada, informando detalhadamente o motivo do registro da ocorrência na plataforma”, afirmou.

O coordenador Arnaldo Sobrinho ainda salientou que o aplicativo é uma ferramenta que amplia os canais de comunicação da Segurança com a população, mas não extingue a ligação convencional para o número 190. Através do aplicativo foram identificados mais de três mil cadastros validados. Com isso, foi possível realizar mais apreensões de drogas e suspeitos. No período de janeiro a junho de 2016 foram apontados 2.444 registros, nesse mesmo período no corrente ano foi apontada uma margem de 1.846 trotes, diminuindo consideravelmente o número de trotes em João Pessoa.

Em média, são executadas 108 ocorrências por dia em João Pessoa, essa média de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no primeiro trimestre deste ano, já foram contabilizados 9.776 casos de atendimentos. O número corresponde a 23% das 96.776 chamadas recebidas 24h por dia pela Central de Regulação Médica do órgão. Outros 40% são ligações canceladas ou que não foram completadas. Os trotes representam 37%.

Compartilhe isso

Comentários