Caririzeiro morre em tiroteio da polícia com criminoso no Rio

Policial 08/09/2017 às 16:08


Um serra-branquense que morava no Rio de Janeiro foi vítima de um assalto seguido de perseguição policial e acabou morrendo com uma bala perdida. Trata-se de Dedé de Dulce, que nasceu e morou boa parte de sua vida no bairro do Pilão em Serra Branca e aqui tem vários familiares. Segundo informações divulgadas pela filial da Rede Globo no Rio de Janeiro, tudo começou quando dois criminosos tentaram assaltar um bar no Flamengo, Zona Sul do Rio. A ação foi percebida por um segurança que trabalhava em loja vizinha que passou a perseguir os bandidos com apoio da polícia militar. O assalto ocorreu no último domingo (03).

Um dos criminosos bateu no carro em que estava e saiu pela avenida a procura de assaltar outro para a fuga. Foi aí que o serra-branquense Dedé passava pelo local e foi abordado pelo criminoso que fugiu em seu carro levando-o como refém.

Em meio a perseguição, o bandido foi morto e Dedé foi atingido por um disparo e socorrido ainda com vida para o Hospital Souza Aguiar. Ele ainda passou os últimos dias internado, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito nesta manhã de sexta-feira (08).

Muitos serra-branquenses lamentam nas redes sociais a morte prematura e inesperada de Dedé de Dulce.

Com De Olho no Cariri

Compartilhe isso

Comentários