Figueirense sai na frente, mas cede empate ao Boa Esporte em Varginha

Esporte 08/09/2017 às 21:41


O Figueirense esteve até os 23 minutos do segundo tempo fora da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Até o gol contra do zagueiro Marquinhos, o mesmo que havia aberto o placar aos 26 da etapa inicial. O empate em 1 a 1 na noite desta sexta-feira, Varginha (MG), mantém o alvinegro na degola da competição, com 25 pontos.

O Figueirense que aportou em Minas Gerais estava de ânimo renovado não somente pela vitória na rodada anterior, em casa, mas pela confiança depositada pela torcida. Nas últimas semanas, durante a folga na tabela, o alvinegro intensificou os treinos e recebeu reforços. O clube ainda abriu as portas do Orlando Scarpelli em dia de treinamento para reaproximar torcida e atletas. Para completar, nesta sexta, torcedores se reuniram para acompanhar a partida contra o Boa em um telão instalado na casa alvinegra.

O resultado se refletiu dentro de campo. O Figueira não se assustou com a pressão inicial dos mineiros. O Boa é um time com muita força de vontade, mas de qualidade limitada. Pelo alto, os mineiros tiveram a melhor oportunidade de sair na frente no placar logo no começo da partida. Rodolfo, em jogada pela esquerda, cruzou e Casagrande cabeceou para fora.

Com o meio-campo formado com Abuda, Zé Antônio, Marco Antônio e Jorge Henrique, o Figueirense marcou e saiu para o jogo. Na primeira oportunidade, Henan quase marcou. Na segunda, o zagueiro Marquinhos fez as vezes de atacante. Após cruzamento de Zé Love, o goleiro Fabrício espalmou e, no rebote, o capitão alvinegro abriu o placar.

Depois, o árbitro Gilberto Rodrigues Castro Júnior passou trabalho para controlar a partida. Aos 35 minutos, o zagueiro Caíque, do Boa, levou o segundo amarelo e foi expulso. Aos 38, também pelo segundo amarelo, o Figueira perdeu Zé Antônio.

O técnico Milton Cruza precisou mudar o time logo aos 2 minutos do segundo tempo. O lateral Lazaroni sentiu uma lesão e foi substituído por João Lucas, que fez a estreia com a camisa alvinegra. O Figueirense teve a chance de ampliar com Jorge Henrique, mas o goleiro do Boa fez grande defesa.

Pressionado, o time catarinense sofreu o empate. Após cruzamento, a defesa do Figueira não cortou, a bola desviou em Marquinhos e foi parar no fundo das redes. O Boa ainda acertou o travessão com Júlio Santos e perdeu chances de virar. Nos contra-ataques, o Figueira tentou surpreender, mas faltou pontaria.

O próximo jogo do Figueira também é fora de casa, contra o Inter, dia 16.

Ficha técnica

Boa Esporte: Fabrício; Léo Baiano (Reis), Caíque, Júlio Santos e Paulinho; Escobar, Diones, Thaciano e Fellipe Mateus (Geandro); Rodolfo e Casagrande (Douglas Assis). Técnico: Nedo Xavier.

Figueirense: Saulo; Dudu, Marquinhos, Leandro Almeida e Lazaroni (João Lucas); Abuda, Zé Antônio, Marco Antônio e Jorge Henrique (Patrick); Henan e Zé Love (Luidy). Técnico: Milton Cruz.

Gols: Marquinhos (F, 26 minutos do 1º tempo), Marquinhos (contra, aos 23 do 2º tempo)

Cartões amarelos: Dudu, Luidy (F).

Cartões vermelhos: Zé Antônio (F), Caíque (B).

Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Júnior, auxiliado por Marcelino Castro de Nazaré e Bruno Cesar Chaves Vieira (trio de PE).

Local: Estádio Municipal de Varginha (MG).

Compartilhe isso

Comentários