Bebês retornam a maternidade após incêndio e atendimento é retomado, em JP

Paraíba 29/09/2017 às 21:06


 Seis dos sete bebês que foram transferidos da Maternidade Frei Damião, em João Pessoa, após um incêndio atingir a unidade hospitalar já retornaram ao local, no fim da tarde desta sexta-feira (29). Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a direção da Maternidade Frei Damião afirmaram que o atendimento está normalizado na unidade de saúde. O almoxarifado e a lavanderia seguem interditados.

 
Os atendimentos na porta principal haviam sido suspensos devido à fumaça. Pelo mesmo motivo, sete bebês e suas mães foram transferidos para para o Instituto Cândida Vargas e o hospital Edson Ramalho, ambos em João Pessoa. O sétimo bebê, que ainda não voltou para a Frei Damião, deve ser transferido de volta ainda nesta sexta-feira (29). Todos têm estado de saúde regular.
 
“A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), a porta de entrada, além de outros setores estão funcionando normalmente”, esclarece a nota da SES e da maternidade.
 
As mães que estavam em trabalho de parto tiveram bebês em outras unidades de saúde na capital e estão bem, segundo a SES.
 
Entenda o caso
O incêndio que destruiu parte da maternidade Frei Damião aconteceu na noite de quinta-feira (28) e começou a partir do superaquecimento de um disjuntor na área da lavanderia. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o superaquecimento no disjuntor gerou a ignição em uma pilha de lã, acumulada próximo ao disjuntor. A princípio, havia sido informado pelos bombeiros que o fogo havia começado no almoxarifado.
 
Ninguém ficou ferido no incêndio, mas muitos pacientes inalaram fumaça. De acordo com diretora da maternidade, Ana Márcia Fernandes, os bebês transferidos passaram por assepsia nos outros hospitais.
 
Uma viga de sustentação de uma ala da maternidade caiu. Por precaução, o Corpo de Bombeiros interditou o primeiro andar da unidade. A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) neonatal e o bloco cirúrgico foram isolados pelo Corpo de Bombeiros ainda durante o combate ao incêndio.

Compartilhe isso

Comentários