Polícia acha em São Paulo túnel para maior roubo a banco do mundo

Brasil 03/10/2017 às 18:06


 Parece um enredo de filme. Mas é história real. A Polícia Civil de São Paulo descobriu ontem (2) um túnel de 500 metros que levava ao cofre principal do Banco do Brasil na região de Santo Amaro, em São Paulo. Ao todo, 16 suspeitos foram preso

 
Segundo o delegado Fábio Pinheiro Lopes, da Delegacia de Roubo a Bancos do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), a quadrilha pretendia realizar o maior roubo a banco do mundo. "O investimento da quadrilha foi na faixa de R$ 4 milhões, segundo eles informaram. Cada um dos participantes calçou R$ 200 mil e a estimativa deles era levar R$ 1 bilhão. Seria o maior assalto do mundo", afirmou.
 
A quadrilha foi presa em um galpão na zona norte da capital paulista, onde eram fabricadas as ferramentas utililizadas na escavação. A polícia ainda procura mais quatro suspeitos que colaboraram com o grupo criminoso. O túnel começou a ser escavado há cerca de quatro meses e seu ponto de íncio ficava em uma casa no bairro Chácara Santo Antonio, na zona sul de São Paulo. O imóvel foi comprado pelos criminosos.
 
Monitoradas pela polícia há cerca de três meses, as escavações haviam terminado no dia 27 de setembro, com seu destino final o cofre da base de distribuição do Banco do Brasil. Com isso, as autoridades começaram a entrar em ação.
 
A escavação era sustentada por madeiras e barras de ferro e, segundo a polícia, era possível ficar de pé no túnel. O maior roubo a banco do Brasil foi em 2005, quando foram levados quase R$ 165 milhões do Banco Central em Fortaleza. A polícia acredita que alguns dos integrantes detidos estavam involvidos nesse novo assalto.

Compartilhe isso

Comentários