Ruy desconversa sobre ‘rompimento’ de Maranhão com o PSD e PSDB para 2018

Política 07/10/2017 às 09:55


 O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro desconversou sobre a enfática declaração do senador José Maranhão (PMDB) de não abrir mão em hipótese alguma de sua candidatura a governador de 2018, inclusive, questionando a manutenção da aliança com PSD e PSDB em um cenário que ele não seja o candidato na pregada ‘unidade da oposição’.

 
Perguntado como reagiria o partido após o ‘rompimento’ de Maranhão, Ruy disse ainda acreditar na união de PMDB, PSD e PSDB para as próximas eleições.
 
“Não é questão de ter compromisso ou não ter compromisso. Tivemos uma eleição vitoriosa em 2016 e pretendemos manter essa aliança para 2018. Não podemos nunca perder a aliança de vista. O que eu trabalho é para aliança ter só um candidato, escolhido por todos da aliança e pode ser o próprio Maranhão”, comentou.
 
Ruy Carneiro também comentou sobre a sinalização do PSDB, através de declarações do senador Cássio Cunha Lima, de apresentar o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, à Paraíba. “Romero é um dos nomes exponenciais da aliança. Cada partido deve ter sua estratégia buscando ao mesmo tempo trabalhar a manutenção da aliança. A aliança tem consciência do trabalho de Romero em Campina Grande”, disse.

Compartilhe isso

Comentários