Rio de Janeiro registra a maior roda de samba do mundo no Guinness Book

Cultura 23/10/2017 às 21:22


 E o samba entrou para a história. Ou melhor, para o livro dos recordes, o Guinness, no último sábado (21), quando o Batuque de Bambas conseguiu reunir 260 sambistas e formar a maior roda de samba do mundo em torno de uma mesa gigante montada do Parque de Madureira, na Zona Norte do Rio. O recorde foi certificado ao vivo pela juíza oficial do Guinness World Records, Natalia Ramirez.

E para isso, contou com a presença ilustre de grandes nomes do ritmo, como Diogo Nogueira, Sandra de Sá, Dudu Nobre, Mart’nália, Fundo de Quintal, Pretinho da Serrinha, as velhas guardas da Portela, Império Serrano e Mangueira, as tradicionais rodas do Cacique de Ramos, Tempero Carioca, Time de Criolo, Pedra do Sal e muitos outros, que animaram o público durante toda a tarde de sábado (21).
 
O ponto alto da festa aconteceu depois das 21h. Após de 15 minutos seguidos tocando sambas-enredos históricos como “Aquarela Brasileira”, da Império Serrano, de 1964, e “É Hoje”, da União da Ilha, de 1982, a sirene que decretava o recorde foi acionada. E aí a festa foi geral, ao som de “Vou Festejar”, sucesso de Jorge Aragão.
 
Para renovar as energias, uma das feijoadas mais tradicionais do Rio. Tia Surica, da Portela, Tia Marion e Thiago Castro prepararam o tradicional prato, cada um com seu estilo, e fizeram a festa ainda mais completa.
 
A juíza contou com seis ajudantes. Para o registro da marca, durante toda a ação necessária para o recorde, todos os integrantes da mesa tinham que estar sentados, com um copo de cerveja e petiscos típicos a toda roda de samba nos bares do Rio.

Compartilhe isso

Comentários