Festival de Música da Paraíba inscreve 300 canções, 24 serão selecionadas

Cultura 01/11/2017 às 21:57


 O Festival de Música da Paraíba registrou mais de 300 canções, das quais 24 serão selecionadas para as eliminatórias. Os organizadores consideram sucesso total o número de inscrições, abrangendo diversas regiões do Estado. Ao todo, 303. As inscrições terminaram terça-feira (às 23h59) pelo site www.festivaldemusica.pb.gov.br.

 
O evento realizado pelo Governo do Estado, por meio da Rádio Tabajara, Secult e Funesc, pagará R$ 20 mil em premiações aos vencedores. A primeira edição do festival acontece entre 13 e 27 de janeiro de 2018, homenageando a tocadora de pífano Zabé da Loca, que morreu aos 93 anos no dia 5 de agosto deste ano.
 
O Festival possibilitará aos compositores paraibanos (ou que residam no Estado) apresentarem suas canções. Um festival que destacará todos os sons de nosso povo. “O governo faz história também na cultura paraibana, pois, enquanto no país as portas estão se fechando, na Paraíba o Governo abre as portas para novos talentos, inclusive com premiação em dinheiro”, disse Maria Eduarda Santos, diretora-presidenta da Rádio Tabajara.
 
 
Ao todo, vão ser escolhidas 12 canções em cada eliminatória e seis vão ser classificadas para a final. A divulgação das músicas selecionadas para concorrer no festival está prevista para ser feita no dia 21 de novembro.
 
Mais de 30 cidades paraibanas estarão representadas no Festival de Música da Paraíba. Maior parte das 303 inscrições veio de João Pessoa, Campina Grande, Sousa e Cabedelo. Mas, também há inscritos de Alagoa Grande, Aparecida, Areial, Araruna, Baía da Traição, Bananeiras, Bayeux, Cajazeiras, Catingueira, Cubati, Cuité, Galante, Guarabira, Igaracy, Itabaiana, Itaporanga, Lucena, Monte Horebe, Monteiro, Patos, Poço José de Moura, Pombal, Queimadas, Rio Tinto, Santa Rita, Sapé, Serra da Raiz, Solânea, Sousa, Uiraúna e umbuzeiro.
 
Para Nézia Gomes, presidenta da Fundação Espaço Cultural da Paraíba, o Festival atende a uma necessidade e está em sintonia com o explícito crescimento da cena paraibana. “Acompanho esta cena de perto, do Litoral ao Sertão. Conheço bem essa realidade. E estou certa de que esse festival apresentará aquilo que temos de melhor nas eliminatórias e na finalíssima”, garantiu Nézia.
 
A seleção dos artistas será feita em três etapas eliminatórias, sendo a primeira no dia 13 de janeiro de 2018, em Sousa, no Sertão; a segunda no dia 20 de janeiro, em Campina Grande, e a final no dia 27 de janeiro, em João Pessoa.
 
O secretário de Cultura, Lau Siqueira, enfatizou que esse não é um festival de João Pessoa ou Campina. “É um festival da Paraíba inteira. As inscrições mostram que há representatividade de diversas regiões. E isso é denotativo da riqueza musical de nossa Paraíba”, declarou Lau.
 
Todas as inscrições foram feitas de forma online, no site do evento. Puderam participar artistas com mais de 14 anos, que moram na Paraíba, com pelo menos uma música autoral inédita. A premiação para o primeiro colocado no festival é de R$ 10 mil. Também serão premiados o segundo e terceiro lugares, bem como o melhor intérprete.
 
Para se inscrever, os candidatos preencheram o formulário no site do festival, além de comprovante de residência atualizado, a gravação da música identificada com o nome do artista, a letra da música, a declaração de música autoral.

Compartilhe isso

Comentários