Comunidades do semiárido paraibano receberão assessoria técnica do PROCRASE

Paraíba 02/11/2017 às 09:26


 As comunidades rurais atendidas pelo Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase) recebem serviços de assessoria técnica (AT) continuada, que terão a duração de um ano, atuando de forma direta e planejada em cada um dos projetos produtivos conveniados atualmente. Cerca de 2.100 agricultores do semiárido paraibano serão beneficiados com essas ações, que visam integrar as múltiplas atividades em prol do desenvolvimento humano.

A assessoria técnica às comunidades atendidas pelo Procase foi fruto de licitação realizada pelo Governo do Estado da Paraíba, na qual foram vencedoras a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater), que irá atuar no território do Cariri Ocidental; o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), cuja atuação se dá nos territórios do Seridó e Médio Sertão; a Cooperativa de Trabalho e Prestação de Serviços Técnicos de Reforma Agrária da Paraíba (Cooptera), que atende as comunidades do Curimataú; e o Instituto de Assessoria a Cidadania e ao Desenvolvimento Sustentável (IDS), atuando no Cariri Oriental.
 
As ações de AT objetivam apoiar de maneira eficiente a execução dos projetos produtivos das comunidades; auxiliar tecnicamente a busca de melhorias produtivas, com vistas à qualidade de vida e geração de renda; orientar a construção e o desenvolvimento de tecnologias participativas de caráter ecológico; incentivar a participação de jovens, mulheres e quilombolas nas atividades desenvolvidas em cada projeto, promovendo o protagonismo; promover discussões sobre manutenção e recuperação ambiental; identificar potenciais ações que o Procase pode desenvolver em cada comunidade; auxiliar na regularização e recuperação ambiental e na convivência com o semiárido.
 
As atividades começaram a ser executadas em setembro deste ano, e seguirão até agosto de 2018. Essas organizações contratadas, juntamente com a equipe do Procase, vão assessorar as famílias no desenvolvimento das experiências vivenciadas pelo Projeto, adotando um enfoque participativo, construtivista e reflexivo, que irá desenvolver um planejamento das ações, de forma a priorizar as necessidades e demandas reais do público beneficiário.
 
 
Como fruto inicial dos serviços de AT, será elaborado um Plano de Desenvolvimento do Empreendimento (PDE) para cada um dos projetos produtivos conveniados, traçando o planejamento para o desenvolvimento sustentável, e considerando os investimentos realizados pelo Procase junto à comunidade, as metas conveniadas, e as necessidades dos beneficiários. Estes PDEs vêm sendo construídos e validados de forma participativa junto a cada comunidade beneficiária, e com a participação das equipes das Unidades Regionais do Procase, em cada território de atuação do Projeto.
 
Capacitações
 
As equipes técnicas que prestam serviços de AT ao Procase participaram de reuniões e capacitações com a equipe do Projeto, antes de iniciar o trabalho com as comunidades em campo. Cada empresa também apresentou um plano e cronograma de trabalho a ser executado, de forma a atender as necessidades e metas estipuladas.
 
O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

Compartilhe isso

Comentários