Em nota, Flamengo fala em 'conduta exemplar' de Guerrero e confirma desfalque

Esporte 03/11/2017 às 20:18


 O Flamengo se manifestou oficialmente na noite desta sexta-feira, horas após a divulgação da notícia de que Guerrero foi flagrado em exame antidoping realizado durante as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Em nota, o clube rubro-negro confirmou que o atacante será desfalque na partida deste domingo, contra o Grêmio, devido à suspensão provisória de 30 dias imposta pela Fifa.

A substância detectada no exame de Guerrero foi um estimulante, e o peruano ainda pode pedir contraprova. Caso a suspensão imposta pela Fifa não seja derrubada, Guerrero também desfalcará o Flamengo nas semifinais da Copa Sul-Americana, contra o Junior de Barranquilla (COL). No comunicado divulgado nesta sexta, o clube destacou que o peruano "sempre teve conduta profissional exemplar no Flamengo", e desejou que a questão "seja esclarecida o mais rápido possível".
 
Leia a íntegra da nota do Flamengo:
 
"O Clube de Regatas do Flamengo tomou conhecimento na noite desta sexta-feira da suspensão provisória de 30 dias imposta pela Comissão Disciplinar da FIFA ao atacante Paolo Guerrero. A decisão está relacionada a suposto caso de doping enquanto o atleta atuava pela seleção peruana nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Por conta da suspensão, Guerrero não disputará a partida contra o Grêmio, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.
 
Paolo Guerrero sempre teve conduta profissional exemplar no Flamengo e esperamos que toda a questão seja esclarecida o mais rápido possível.
 
Clube de Regatas do Flamengo"
 
SUSPENSÃO TIRA GUERRERO DA REPESCAGEM
 
Além de ficar fora de jogos do Flamengo pelo Brasileiro, Guerrero também não poderá disputar os jogos da repescagem da Copa do Mundo pela seleção peruana, contra a Nova Zelândia, nos dias 11 e 15 de setembro.
 
Segundo comunicado da Federação Peruana de Futebol (FPF), a suspensão provisória de Guerrero foi comunicada pelo presidente da Comissão Disciplinar da Fifa na tarde desta sexta, por um "resultado analítico adverso" em exame antidoping realizado após a partida contra a Argentina. O jogo, disputado em 5 de outubro, era válido pelas eliminatórias para a Copa de 2018, e terminou empatado em 0 a 0. Guerrero quase marcou um gol de falta nos minutos finais.
 
O presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF, Fernando Soléra, informou ao GLOBO que Guerrero testou positivo para um estimulante. Em casos como esse, a suspensão pode chegar a quatro anos. A informação do doping do atacante havia sido divulgada inicialmente pelo canal "ESPN" da Argentina, que informava, no entanto, se tratar de um uso de "drogas sociais". Soléra disse ter recebido informações por email, do próprio Guerrero e do Flamengo, de que o doping teria ligação com um medicamento tomado pelo atacante quando estava com a seleção peruana.
 
Guerrero, que foi informado nesta manhã de sexta-feira do resultado analítico adverso, ainda não pediu a abertura da contraprova. A princípio, o Flamengo pretendia escalar o atacante na partida deste domingo, contra o Grêmio, às 17h, em Porto Alegre. Guerrero participou normalmente do treino desta sexta, no Ninho do Urubu, depois de ficar fora das últimas partidas após acusar um problema muscular na coxa esquerda.

Compartilhe isso

Comentários