Campina Grande é melhor para morar que capitais no NE, diz pesquisa

Paraíba 04/11/2017 às 09:09


 Uma pesquisa da empresa de consultoria Macroplan revela que, entre 50 melhores municípios do Brasil para se viver, Campina Grande figura em segunda posição, superada apenas por Petrolina (PE). Todavia, a Rainha da Borborema ultrapassa todas as capitais do Nordeste. As demais cidades da lista não são nordestinas, um dado surpreendente que privilegia ainda mais esses dois prósperos centros da região.

 
A consulta foi divulgada pela revista Cláudia e elegeu as 100 melhores cidades de todo o País para se morar dentre os Municípios com mais de 266 mil habitantes, levando em consideração critérios como educação, economia, gestão, saneamento, saúde, segurança e transparência fiscal.
 
A região Nordeste, na lista das 100, conta com apenas 21 cidades. As outras estão no Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte do País. A posição de Campina Grande é 49 e Petrolina 45. Das demais cidades da região, a mais bem avaliada no ranking é João Pessoa, figurando na posição 58.
 
A cidade de Maringá (PR) ficou em primeiro lugar. “A primeira posição no ranking não foi uma surpresa. Afinal, a cidade tem indicadores muito equilibrados em quase todos os setores”, contou Glaucio Neves, diretor da consultoria.
 
Piracicaba, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Franca, todas em São Paulo, aparecem nas posições seguintes. O estado dominou o restante do ranking, aparecendo 26 vezes. No quesito regiões, a Sudeste é a que mais aparece na lista, com um total de 49 cidades – oito delas estão entre as dez melhores.
 
Entre as capitais, quase todas estão presentes. Curitiba (PR), aparece em nono lugar e Florianópolis (SC) ocupa a 17ª posição. Já Vitória (ES), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP) ficam em 19ª, 20ª e 21ª, respectivamente.

Compartilhe isso

Comentários