Para 2018: China e Taiwan desenvolvem satélite para prever terremotos

Mundo 13/11/2017 às 23:12


 Apesar do seu tradicional confronto político, China e Taiwan fecharam um acordo para cooperar em um satélite de detecção de ondas eletromagnéticas que possa prever terremotos. A previsão é que o satélite seja lançado no próximo ano. As informações foram publicadas neste domingo (12) no jornal de Hong Kong "South China Morning Post".

 
Alguns terremotos geram anomalias eletromagnéticas antes de ocorrer e este projeto tentará detectar esses fenômenos para tentar prevê-los. Os tremores afetam com regularidade e gravidade tanto a China quanto Taiwan.
 
Esta cooperação entre Pequim e Taipé é um marco, mais ainda levando em conta a atual má relação política após a chegada ao poder no ano passado da atual presidente taiuanesa, Tsai Ing-wen.
 
Após a chegada da presidente, que vem de um partido com tendência separatista, a China congelou boa parte das relações com o território.
 
"Esta é a primeira vez. Nunca ouvi de uma cooperação com Taiwan de qualquer tipo neste campo. Esse tipo de dado é normalmente secreto", afirmou ao jornal Li Zaoshe, pesquisador da Academia de Ciências da China, em Pequim.
 
O segredo ocorre nesses casos porque os satélites podem ter um importante uso militar, como a localização de estações de radar ou centros de lançamento de mísseis.
 

Compartilhe isso

Comentários