O prazo está se esgotando e 200 mil paraibanos podem ter títulos cancelados

Política 27/11/2017 às 16:57


 O prazo está se esgotando. Na última semana do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para o recadastramento biométrico, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), fez um alerta preocupante. Na Paraíba mais de 200 mil eleitores poderão ter o título eleitoral cancelado e ficarem impedidos de votar nas eleições de 2018. Até o momento, 201.480 mil eleitores ainda não realizaram o cadastramento biométrico no Estado. O eleitor tem até o próximo dia 30 de novembro, seis dias úteis, para realizar o cadastramento biométrico, e o prazo não será prorrogado.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), inicialmente esse encerramento estava previsto para o março de 2018, mas o Tribunal Superior Eleitoral determinou que fosse feito um rezoneamento e o prazo precisou ser antecipado.
 
A Justiça Eleitoral chama a atenção para o município de Bernardino Batista, que está com percentual inferior a 70% de cadastramento realizado.
 
Segundo o TRE, 1.030.201 eleitores de 102 municípios de 64 zonas eleitorais devem passar pelo recadastramento nesta fase, sendo que 632.349 já cumpriram com o compromisso. Para realizar o procedimento, basta levar um documento oficial com foto, comprovante de residência de pelo menos três meses e o título de eleitor - para quem tiver. Mesmo as pessoas que têm voto facultativo, eleitores entre 16 e 18 anos e maiores de 70 anos, devem realizar o recadastramento.
 
O eleitor que não fizer o recadastramento vai ser impedido de tirar o passaporte, ser admitido em empresas, receber benefícios do governo, tomar posse em concurso público, matricular-se em escolas públicas de ensino, contrair empréstimos, dentre outras sanções, além de não votar em 2018.
 
Nas Eleições Gerais de 2018, todos os eleitores da Paraíba serão identificados, na urna eletrônica, por meio da impressão digital, no momento da votação. Portanto, o eleitor que ainda não fez o seu cadastramento biométrico deve procurar o Cartório Eleitoral ou Posto de Atendimento em sua cidade, o quanto antes.

Compartilhe isso

Comentários