Paraibano Astier Basílio apresenta Baldio na XII Semana do Teatro no Maranhão

Cultura 27/11/2017 às 21:46


 A II Semana do Teatro no Maranhão começou nesta segunda, às 20h, na Casa do Maranhão, no Centro Histórico, com o espetáculo Baldio, com Grupo Pavilhão da Magnólia, do Ceará, e se estende até o dia 3 de dezembro ocupando diversos pontos de cultura da cidade, entre eles: Casa do Maranhão, Praça dos Catraieiros, Teatro São Luís, Pequena Cia de Teatro, Teatro Alcione Nazareth, Ballet Olinda Saul e Espaço GUT.

Em Baldio, novo espetáculo do grupo cearense, são muitas as interrogações para inquietar o espectador, que vai e volta entre a cena ali representada e a memória. Diante de gestos que ora parecem estranhos, ora são tão familiares, a relação entre delicadeza e violência – não apenas a física – é o fio que liga os cinco quadros cênicos da peça.
 
Dirigido pelo chileno Héctor Briones, Baldio é resultado de um trabalho feito, a partir do livro Contos de Lugares Distantes, do escritor australiano Shaun Tan. O paraibano Astier Basílio, vencedor do prêmio Funarte de Dramaturgia em 2014, assina o texto construído em processo e colaborativamente. Junto da parceria com os atores, que emprestaram suas histórias de vida para a costura ficcional das cenas, veio o diálogo com o cinema, trazido pela direção audiovisual de Lenildo Gomes e suporte técnico de Victor Grilo.
 
Ao todo foram selecionados seis grupos locais e um grupo nacional e dois espetáculos de rua – um de Timon e outro de Caxias. Os espetáculos nacionais e locais, além de trabalhos para Mostra Josué Montello e propostas de oficinas foram selecionados pela curadoria composta pelo diretor artístico do Teatro Arthur Azevedo, Ivaldo Júnior juntamente com o produtor cultural André Lobão e o ator e professor de teatro Luiz Pazzini. Os critérios para escolha foram: relevância artística, teatralidade e performance, diversidade de linguagens e originalidade da encenação, além de temática para oficinas.
 
A Semana de Teatro é uma forma de fomentar a prática do teatro e a formação de plateia, além de ser uma grande vitrine para os novos talentos que estão surgindo
 
Na sexta-feira (1º de dezembro), às 19h, acontecerá na Praça dos Catraiero, na Praia Grande, a Mostra Arte de Rua, que contempla artistas de ruas. No local, acontecerá um concurso em que o vencedor será escolhido por um júri popular, e as inscrições poderão ser feita por artistas do segmento tanto antecipadamente, quanto na hora. O critério é que o candidato tenha um trabalho artístico de rua. O encerramento da XII Semana do Teatro no Maranhão acontecerá no dia 3 de dezembro com uma homenagem a Estrelinha – Ana Teresa Desterro Rabelo. Estrelinha estreou no teatro por meio do Grupo Gangorra, da Universidade Federal do Maranhão, em 1975. No Gangorra, Estrelinha atuou durante 13 anos. O curioso apelido nasceu a partir de sua simpatia com as sinhazinhas e sabendo disso o amigo de Estrelinha, Aldo Leite, a ajudou a sair na Turma do Quinto como a sinhazinha da Praça Gonçalves Dias. A partir daí, Ana Teresa passaria a se chamar Estrelinha. “A Semana do Teatro é um evento que a cada ano se consagra cada vez mais. Na década de 1970, quando o teatro era muito forte em São Luís, o aparecimento de grandes artistas, diretores e espetáculos contribuiu muito para o desenvolvimento do teatro nos dias de hoje. A gente percebe isso com o grande número de coletivos na cidade. A Semana do Teatro é uma forma de fomentar a prática do teatro e a formação de plateia, além de ser uma grande vitrine para os novos talentos que estão surgindo”, disse Celso Brandão, diretor do Teatro Arthur Azevedo, que reforçou a importância da curadoria para apuração e seleção dos espetáculos e materiais artísticos que serão expostos ao público durante a XII Semana de Teatro no Maranhão.
 
Lançamento de livro
 
A programação conta ainda com o lançamento do livro Teatro Arthur Azevedo: 200 Anos, com textos de personalidades da cultura maranhense como escritores, ex-diretores do teatro, atores, bailarinos, músicos, entre outros. Teatro Arthur Azevedo abre pauta até o final do primeiro semestre de 2018. A direção do Teatro Arthur Azevedo anunciou no último sábado (25) que a pauta referente ao primeiro semestre de 2018 já está aberta.
 
Os produtores de espetáculos de teatro, dança e música interessados em realizar produções nesse período devem enviar um e-mail solicitando ao setor de pauta a data pretendida para apresentação.
No e-mail, devem constar nome do espetáculo, data que deseja que o espetáculo seja apresentado e informações gerais sobre a proposta como fotografia, releases, material gráfico, duração do espetáculo e outros. O e-mail para enviar a solicitação é taapauta@sectur.ma.gov.br. O mesmo vale para solicitações de sessões de fotográficas dentro do teatro. Para mais informações, ligue 3218-9901.
 
TAA reabre as portas com João do Vale – O Musical
 
Após reforma da principal casa de espetáculos do Maranhão, o governador Flávio Dino anunciou na quarta-feira (22) a reabertura do Teatro Arthur Azevedo (TAA) para 8 de dezembro, às 20h. A solenidade contará com estreia do espetáculo João do Vale – O Musical e exposição alusiva aos 200 anos do Teatro Arthur Azevedo. A programação da noite de reabertura terá a participação de autoridades, artistas, intelectuais, escritores e imprensa e demais convidados.
 
O espetáculo João do Vale – O Musical, produzido desde o início do ano, promete marcar em grande estilo a reinauguração do Teatro Arthur Azevedo. Os ensaios finais estão a todo vapor. A direção é assinada pelo carioca Vinícius Arneiro e a direção musical pelo músico Luiz Júnior. A dramaturgia é de Felipe Correa e o elenco é composto pelos artistas Vicente Melo (João do Vale), Tiago Andrade (Zé Keti), Gisele Vasconcellos (Nara Leão), Millena Mendonça (Domingas), James Pierre (Luis Gonzaga), Juliana Cutrim (Dorinha), Marconi Rezende (Chico Buarque) e Victor Silper (Luis Vieira).
 
O espetáculo fará turnê nacional em 2018, mas antes o elenco se apresentará na cidade de Pedreiras, terra do músico maranhense. “Uma digna e honrosa homenagem ao poeta do povo que levou ao Brasil a simplicidade e força do Maranhão de forma brilhante”, ressaltou o diretor do TAA, Celso Brandão. A programação em comemoração ao bicentenário estará aberta ao público nos dias 9, 10, 15, 16 e 17 de dezembro. A partir de hoje, serão vendidos os ingressos referentes aos dias 9 e 10 de dezembro.

Compartilhe isso

Comentários