Festival de Música Clássica de João Pessoa reúne dez países nesta quarta

Cultura 29/11/2017 às 10:37


 Mais quatro concertos e duas masterclasses movimentam a programação do 5º Festival Internacional de Música de João Pessoa nesta quarta-feira (29). No dia, músicos de dez países diferentes irão se apresentar, sendo Brasil, Rússia, Bulgária, Islândia, Geórgia, Holanda, Israel, República Tcheca, Polônia e Ucrânia.

 
O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Ministério da Cultura.
 
A programação do terceiro dia de Festival tem início às 10h no Hotel Globo com a masterclass de violino com a holandesa Tosca Opdam. Nascida em Amsterdam (Holanda), Tosca ganhou o primeiro prêmio no concurso Oskar Back Violin para os violinistas promissores holandeses, realizando o Quinto Concerto da Vieuxtemps no Concertgebouw. Ela já se apresentou em masterclasses de músicos eminentes como Pamela Frank, Ilya Grubert, Theo Olof, Georgy Pauk, Candida Thompson, Frank Peter Zimmermann e Pinchas Zukerman.
 
Também às 10h, no Hotel Globo, haverá masterclass de viola com o brasileiro Dhian Toffolo. Ele iniciou os estudos musicais com dois anos de idade e com oito anos entrou no Conservatório Tatuí (SP), onde foi aluno de Adriana Schincariol, Marco Damm, Dario Sotelo, Nelson Seron Rios, Adriano Machado e Pedro Della Rolli, sempre sob a supervisão de Paulo Bosisio.
 
Além disso, concluiu o curso de violino aos 16 anos. Atualmente é o professor de viola da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e membro da Orquestra Petrobras Sinfônica.
 
Concertos
 
Durante a tarde,  a programação abre com o concerto dos intérpretes Ana de Oliveira – Violino (Brasil), Marcus Ribeiro – Violoncelo (Brasil) e Dhian Toffolo – Viola (Brasil), no Mosteiro de São Bento, às 14h30.
 
No programa ‘Brasileiro’, serão executadas composições de C. Guerra-Peixe (1914-1993), Heitor Villa-Lobos (1887-1959) e R. Gnattali (1906-1988).
 
Na Primeira Igreja Batista, às 16h, o Grupo Iamaká, da Paraíba, irá apresentar o programa “Música Medieval/Renascentista & Música Contemporânea da Paraíba”.
 
Ligado ao Departamento de Música do Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, e contando com a participação de professores do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), além de artistas autônomos, o Iamaká desenvolve um trabalho que abrange os dois extremos da música ocidental: a música antiga, em novos arranjos e roupagens, e a contemporânea, com ênfase em compositores brasileiros, envolvendo canto e instrumentos.
 
À noite, o elenco internacional do festival entra em cena, na Igreja do Carmo, às 18h com os intérpretes  Masha Iakovleva – Violino (Rússia), Dimiter Tchernookov – Violino (Bulgária), Ásdís Valdimarsdóttir – Viola (Islândia), Vilém Kijonka – Viola (República Tcheca) e Ketevan Roinishvili – Violoncelo (Geórgia).
 
No Programa serão apresentadas composições de E. Grieg (1843-1907)  e J. Brahms (1833-1897).
 
Às 20h, na Igreja de São Francisco, irão se apresentar os intérpretes Lucie Horsch – Flauta Doce (Holanda), Asi Matathias – Violino (Israel), Tomasz Daroch – Violoncelo (Polônia) e Victor Stanislavsky – Piano (Ucrânia).
 
Todas as informações sobre o festival como data, horário e local das apresentações, além da biografia dos artistas, dentre outros dados estão disponíveis no site www.musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br.

Compartilhe isso

Comentários