Concertos encerram Festival Internacional de Música Clássica em João Pessoa

Cultura 02/12/2017 às 07:57


 O encerramento do 5º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa acontece na tarde deste sábado (2) com concertos comandados pela Banda 5 de Agosto e pela Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, que recebe o violinista Antônio Nóbrega.

 
Desde o último dia 26, as igrejas localizadas no Centro Histórico de João Pessoa têm sido palco para a apresentação de artistas da música clássica de destaque nacional e internacional, levando cultura e arte para moradores e visitantes da cidade. Neste sábado, a última igreja a receber o evento será a Igreja da Misericórdia, onde se apresenta a Banda de Música da Cidade de João Pessoa – 5 de Agosto -, sob o comando do maestro Rogério Borges, a partir das 14h.
 
A Banda de Música da Cidade de João Pessoa – 5 de Agosto foi fundada em 1964 pelo então maestro Tenente Lucena. A partir de 2005, se vinculou à Funjope, passando a integrar de forma mais consistente a cena cultural da cidade. Atualmente, a Banda 5 de Agosto desenvolve um trabalho,  principalmente, com compositores e intérpretes do Nordeste divulgando os artistas da terra.
 
Concerto final – O Parque da Lagoa Solon de Lucena, um dos principais pontos turísticos da Capital, será o palco para o encerramento da 5ª edição do Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa. Em um palco montado na Praça da Esplanada, a Orquestra Sinfônica Municipal, sob a regência de Julio Medaglia, fará uma grande apresentação a partir das 17h.
 
O maestro Júlio Medaglia é um dos principais nomes da música erudita brasileira. Tem também intensa atividade na musica popular. Foi aluno de Pierre Boulez, Stockhausen e John Barbirolli. Fundou a Amazonas Filarmônica e dirigiu a Orquestra da Rádio de Baden-Baden e a Rádio Roquete Pinto. Atualmente, tem regido como convidado, dentro e fora do país, e atua em diversos projetos culturais. É ensaísta e colaborador de vários periódicos brasileiros, tem livros publicados como tradutor e autor. É membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Paulista de Letras.
 
A Orquestra Sinfônica receberá como solista o pernambucano Antônio Nóbrega, um dos mais consagrados nomes da música brasileira. No repertório, estão clássicos de Noel Rosa, Bach, além de composições próprias do solista Antônio Nóbrega.
 
Antonio Nóbrega nasceu em Recife (PE) em 1952. Sua iniciação artística se deu através do violino. Entre 1968 e 1970 participou da Orquestra de Câmara da Paraíba e da Orquestra Sinfônica do Recife. Em 1971 foi convidado por Ariano Suassuna para integrar o Quinteto Armorial, grupo precursor na criação de uma música de câmara brasileira de raízes populares. A partir de 1976, com seu envolvimento com a da cultura popular brasileira, começou a desenvolver um estilo próprio de criação em artes cênicas e música. Atualmente se dedica a escrever uma obra ensaística sobre a dança brasileira e prepara mais um novo espetáculo.
 
Festival – O Festival Internacional de Música Clássica está na 5ª edição. Este ano, o evento teve o total de 23 concertos nas igrejas do Centro (Igreja de São Francisco, do Carmo, da Misericórdia, Mosteiro de São Bento e na Primeira Igreja Batista) e 14 masterclasses (flauta doce, violino, viola, violoncelo e piano).

Compartilhe isso

Comentários