Sorocaba é acusado de falsidade ideológica e pode perder rancho em SP

Entretenimento 22/12/2017 às 22:26


 O cantor Sorocaba, integrante da dupla sertaneja Fernando e Sorocaba, enfrenta um processo de penhora na Justiça de São Paulo e corre o risco de perder um rancho que possui na cidade de Porto Feliz, interior paulista. Recentemente, o artista foi acusado de falsidade ideológica. Ele nega todas as denúncias. As informações são do site Uol.

Segundo o portal, o avô do sertanejo atuava como fiador de um inquilino de um imóvel em São Paulo, pertencente à empresa Empage Construções. Como o locatário atrasou o pagamento de alugueis, a companhia acionou juridicamente o avô do cantor, morto no ano passado. A dívida, então, foi repassada para Sorocaba.
 
O advogado da Empage, Felipe Cassab, informou que a dívida é de quase oito anos e nunca foi quitada. O montante ultrapassa R$ 3 milhões, em valores atualizados. Para quitá-la, Socoraba corre o risco de perder o rancho onde mantém, hoje, uma central de reprodução de cavalos. A propriedade pertencia ao seu avô e está hoje no seu nome.
 
O defensor do cantor, Danilo Elena, afirma que o sertanejo, bem como o seu avô, não possuía conhecimento da dívida do antigo inquilino. “O Sorocaba adquiriu a central de reprodução em 2010, com boa fé. A Empage só entrou com a ação de despejo em 2011. Ele [Sorocaba] não deve nada para ninguém”, disse ao site.
 
Falsidade ideológica
O processo ganhou, este ano, um novo capítulo. O advogado da Empage, Felipe Cassab, afirma que o cantor apresentou um documento com reconhecimento de firma falso. “Existe o risco de desdobramento criminal devido à utilização de documento ilegítimo”, diz Cassab.
 
A defesa de Sorocaba nega a versão. “Esse assunto é matéria de uma perícia que deverá ser feita ano que vem. Estamos tranquilos e aguardando”, explica Danilo Elena. Uma nova audiência entre as partes está marcada para 4 de abril do próximo ano.
 
 

Compartilhe isso

Comentários