Moranguinho fala de agressão de Naldo e diz que pode perdoar: "Não julguem"

Entretenimento 25/12/2017 às 19:32


Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, se pronunciou pela primeira vez após ser agredida pelo marido, Naldo Benny.

Em seu Facebook no sábado (23), ela escreveu um longo texto e deu a entender que pretender reatar o casamento
"É triste ver o quanto as pessoas estão se tornando frias e sem coração. Saem apontando os seus dedos como se fossem metralhadoras e dando sentenças que só cabe a Deus dar. É fácil julgar o problema do outro, difícil é quando ele a contece dentro da sua casa e só você conhece a real história", disse ela. Moranguinho disse que não quis fazer papel de "coitadinha" na televisão e optou por se isolar. "Alguém aí já parou pra pensar que a atitude que tomei pode ter sido para salvar e não pra destruir?", afirmou. Ela continuou o texto e falou sobre Naldo.
 
Disse esperar que o cantor volte a ser a mesma pessoa de antes da fama. "Mas eu sempre acreditei na cura, sempre acreditei na capacidade que o amor tem de mudar as coisas. E foi por amor, por acreditar nesse amor que eu resolvi acabar com essa enfermidade. (...) Eu queria de volta o Ronaldo! O Ronaldo que eu conheci! Sem dinheiro, sem sucesso, sem carros importados, sem roupas de grifes caras, sem Rolex e cordões de ouro. Eu queria de volta sua simplicidade, seu brilho nos olhos, sua paz, sua calmaria, sua inocência, seu sorriso largo e verdadeiro, o menino sonhador que eu conheci."
 
Moranguinho contou que devido aos ciúmes de Naldo abandonou a carreira artística e se afastou de amigo. "Nosso relacionamento sempre foi cheio de muito amor, mas com muitos altos e baixos por causa de crises ciúme. Eu fiz tudo que que podia para mudar isso, abri não da minha vida profissional, dos meus amigos, dos meus sonhos e de tudo que pudesse causar qualquer tipo de atrito, mas ainda assim, mesmo me esforçando muito, havia momentos que o descontrole era maior que ele. Ele sempre foi muito carinhoso, daqueles que diz que ama todos os dias, que sou linda que observa o cabelo a unha o perfume, e que em seu estado normal o marido que você pediria a Deus!"
 
Por fim, ela dá a entender que pode perdoar o marido e reatar o casamento. "Ele é o pai da minha filha, o homem que eu construí uma família, que escolhi viver ao seu lado na saúde ou na doença,n a riqueza ou na pobreza, até que a a morte nos separe...e isso merece respeito. O nosso futuro a Deus pertence, deixo em suas mãos e creio que Ele nos dará direcionamento, seja Ele para seguirmos nossas vidas ou para reconstruir nossa família. Eu só desejo que sejamos felizes e que tudo que seja feito seja para o
nosso bem. Respeitem o nosso momento está sendo muito difícil para todos nós, não julguem sem nos conhecer, por trás de tudo isso existem pessoas igual a você, uma família que sofre, uma filha que chama pelo pai, cheia de saudade...um homem cheio de amor desesperado para reparar seus erros e uma mulher com o coração muito ferido, mais que precisa ser forte pra recomeçar."
 

Compartilhe isso

Comentários