Espetáculo Master Class, com Christiane Torloni, chega a Paraíba em janeiro

Cultura 27/12/2017 às 09:28


 O espetáculo musical 'Master Class', estrelado pela atriz Christiane Torloni, chega à João Pessoa em janeiro de 2018, para curta temporada. As apresentações acontecerão nos dias 19, 20 e 21, no Teatro Paulo Pontes. Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 18h. Os ingressos estão sendo vendidos pelo site ontickets.com.br ou na loja Outer, no Manaíra Shopping, e custam R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia). 

 
No musical, Christiane Torloni interpreta umas das personalidades femininas do século XX - a lendária "La Divina", Maria Callas. A produção local é assinada pela MaLu Produções.
 
Sobre o espetáculo - Um dos mais premiados e aclamados espetáculos da Broadway depois de temporadas de sucesso em São Paulo, em 2015, e no Rio de Janeiro, em 2016, segue numa grandiosa turnê por 13 cidades do Brasil estrelada por uma das maiores atrizes do teatro, cinema e televisão brasileira: Christiane Torloni.
 
‘Master Class’ é uma maravilhosa comédia-dramática, escrita pelo premiado autor norte americano Terrence McNally, que chega ao Brasil através da Maestro Entretenimento, apresentado pelo Ministério da Cultura e Bradesco Seguros e patrocínio VIVO. 
 
Conta com a direção do encenador brasileiro José Possi Neto, sob a direção musical do Maestro Fábio G. Oliveira, ambos à frente de um elenco formado por consagrados atores/cantores do atual cenário teatral brasileiro: as sopranos/atrizes Julianne Daud ('Master Class', 'O Beijo da Mulher Aranha', ópera 'Joanna de Flandres', 'A Flauta Mágica', ópera 'Salvator Rosa', o musical 'New York, New York', entre outros) e Paula Capovilla ('Evita', 'Les Miserables', 'Charlie Brown', 'Chaplin', 'A Bela e a Fera', 'A Família Addams' e 'Forever Young', entre outros); o tenor/ator Frederico Silveira ('Forever Young', 'My Fair Lady', 'We Will Rock You', 'Mudança de Hábito', 'O Homem de la Mancha', 'Alô, Dolly!', 'Evita', entre outros); o ator e pianista Thiago Rodrigues ('A Madrinha Embriagada', 'O Mágico de Oz', 'A Família Addams', 'Mamma Mia!' e 'Les Miserables'); além dos cantores e atores Jessé Scarpellini ('Les Miserables', 'Wicked', 'O Homem de la Mancha', 'Mulheres à Beira de um ataque de Nervos', 'A Madrinha Embriagada', entre outros) e Raquel Paulin ('Mamma Mia!', 'Shrek', 'Mudança de Hábito', 'Os Dez Mandamentos', 'Rent', entre outros).
 
‘Master Class’ é um dos poucos espetáculos produzidos na Broadway a alcançar enorme sucesso internacional tendo sido realizadas nada menos do que 598 apresentações apenas em sua temporada de estreia em 1995 quando então recebeu o prêmio Desk Drama Award de 'Melhor Espetáculo da Broadway', além de três prêmios Tony Award (o Oscar do teatro americano): 'Melhor Atriz' (para Zoe Caldwell), 'Melhor Atriz Coadjuvante' (para Audra McDonald) e o cobiçado prêmio de 'Melhor Espetáculo da Broadway'.
 
Após a sua estrondosa temporada de estreia, ‘Master Class’ percorreu o mundo tendo sido apresentado em quase uma centena de países tão diferentes como Japão, Polônia, Alemanha, Coréia, Itália, Espanha, Portugal, Filipinas, Grécia, Brasil, além dos principais centros teatrais do mundo como o West End, em Londres, e em Paris, onde o papel de Maria Callas foi interpretado pela grande atriz francesa Fanny Ardant sob a direção de Roman Polanski.
 
Em 2011 uma nova produção de ‘Master Class’ foi realizada na Broadway alcançando um sucesso não menos estrondoso, desta vez tendo como protagonista a atriz americana Tyne Daly e, exatamente como já havia acontecido em 1995, além do grande sucesso o espetáculo também tem recebido "revivals” em várias partes do mundo, incluindo esta nossa produção brasileira, protagonizada por Christiane Torloni, que em 2015 e 2016 fez um enorme sucesso de crítica e público nas temporadas em São Paulo e Rio de Janeiro. Christiane foi indicada a diversos prêmios entre eles o Prêmio Shell de Melhor Atriz. Venceu o Prêmio Aplauso Brasil, o Prêmio Quem, concedido pela revista Quem, e o Prêmio Arte Qualidade Brasil.
 
Terrence McNally baseou o enredo de ‘Master Class’ nas lendárias séries de aulas magnas (master classes) proferidas pela diva maior da ópera mundial, a greco-americana Maria Callas, no início dos anos 70 na Juilliard School, famosa escola de música de Nova York. Na peça, Callas repreende os alunos, da mesma maneira enérgica com que os encoraja a seguir e perseguir seus sonhos. Durante esses encontros, também confronta os desapontamentos e dissabores de sua própria vida e de seu relacionamento com o célebre bilionário, o armador grego Aristóteles Onassis. De forma genial e habilidosa, o espetáculo faz o público rir e se emocionar com este que é considerado um dos mais belos textos da literatura teatral de todos os tempos e que, desde a sua estreia, há mais vinte anos, tem angariado legiões de fãs, envolvendo plateias de todo o mundo!
 
A Produção e os Produtores - A produção de ‘Master Class’ conta com o talento de alguns dos melhores profissionais da área artística de nosso país. A direção está a cargo do talentoso José Possi Neto, encenador de espetáculos também ligado ao teatro musical, com várias realizações bem-sucedidas nesse gênero. Possi teve oportunidade de dirigir o maiores nomes do teatro brasileiro: Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Irene Ravache, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Marieta Severo, Beatriz Segall, Raul Cortez, Marília Pêra, entre tantos. 'Master Class' é a nona vez que ele e Christiane Torloni trabalham juntos no teatro.
 
Os cenários foram criados e executados por Renato Theobaldo; experiente cenógrafo que tem contribuído enormemente não só para o teatro quanto para o universo da ópera, além dos principais espetáculos musicais. Seu projeto para a cenografia de ‘Master Class’ procurou trazer para o palco o clima das grandes casas de ópera do mundo através de estruturas criadas em tecido especialmente tratado para receber luz e projeções. O design de luz foi criado pelo veterano iluminador Wagner Freire.
 
Os figurinos são assinados pelo renomado figurinista Fábio Namatame, sendo que os modelos femininos (incluindo os da própria Maria Callas) foram confeccionados pela renomada boutique paulistana Claudeteedeca o que garantiu a eles a alta qualidade, autenticidade e elegância.
 
A trilha sonora do espetáculo não poderia ser mais apropriada para um espetáculo de tão alta qualidade artística: trechos famosos de obras de três dos maiores compositores da história da música: Bellini, Puccini e Verdi, executados ao vivo pelos atores/cantores e acompanhados pelo ator/pianista.
 
A produção e realização de ‘Master Class’ está inteiramente a cargo da Maestro Entretenimento: empresa brasileira que desde a sua fundação em 1996 apresenta intensa atividade nas mais variadas vertentes artísticas.
 
Sob a direção de seu fundador, o Maestro Fábio G. Oliveira e de sua sócia, a cantora lírica Julianne Daud, a Maestro Entretenimento tem realizado importantes produções artísticas, tais como: programas de TV, projetos corporativos especiais, organização e produção de festivais de música e arte, concertos com orquestras e big bands, além da produção de grandes óperas como, por exemplo; 'Don Pasquale', de Donizetti, 'A Flauta Mágica', de Mozart, 'Salvator Rosa', de Carlos Gomes, o restauro e a primeira edição das partituras e a montagem da ópera 'Joanna de Flandres', de Carlos Gomes.
 
Em 2011, a Maestro Entretenimento produziu pela primeira vez no mundo o espetáculo 'New York, New York - O Musical', que acabou se consagrando como um dos espetáculos de maior sucesso dos últimos tempos, tendo sido apresentado em três anos consecutivos. Em 2013 idealizou e produziu o musical 'Zuzubalândia'. Em 2015 e 2016 realizou as temporadas de 'Master Class' em São Paulo e no Rio de Janeiro.
 
Para o ano de 2018, a Maestro Entretenimento prepara a primeira adaptação da obra 'O Bem-Amado', de Dias Gomes, para a linguagem do teatro musical.
 
Sobre Maria Callas - Foi uma cantora lírica norte-americana de ascendência grega, considerada a mais renomada e influente cantora de ópera do século XX e a maior soprano de todos os tempos. Apesar de também muito famosa pela sua conturbada vida pessoal, principalmente devido ao seu relacionamento com o bilionário grego Aristóteles Onassis, o seu legado mais duradouro deve-se ao impulso a um novo estilo de atuação nas produções operísticas, à raridade e distintividade de seu tipo de voz e ao resgate de óperas há muito esquecidas do bel canto, estreladas por ela.
 
Patrocínio Master apresenta - Manter uma política de incentivo à cultura é compromisso permanente do Circuito Cultural Bradesco Seguro www.bradescoseguros.com.br/circuito_cultural. Nos últimos anos, o Grupo Bradesco Seguros orgulha-se de ter patrocinado e apoiado projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.
 
Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Bibi - Histórias e Canções”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis - A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão”, “Bem Sertanejo”, “Les Misérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella” e “Wicked”, além da “Série Dell'Arte Concertos Internacionais”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição “Cavaletes de Cristal de Lina Bo Bardi no MASP”.

Compartilhe isso

Comentários