Celso Teixeira reclama de assédio do Treze e detona diretoria rival

Esporte 28/12/2017 às 17:48


 A quarta-feira começou agitada no Campinense Clube.

Depois de mais uma saída (o atacante Eduardo alegou problemas familiares e pediu dispensa da equipe após o feriado natalino), a informação de que a diretoria do Treze teria feito uma tentadora proposta para contratar o meia rubro-negro Thiago Potiguar acabou irritando o técnico Celso Teixeira.
 
E o treinador, que sempre concede entrevistas nas quintas ou sextas-feiras, solicitou que a assessoria de imprensa raposeira o escalasse para falar com os jornalistas na tarde desta quarta.
 
Na ocasião o treinador desabafou. Inicialmente sem citar o nome do jogador, ele relatou que presenciou o suposto assédio, condenou a atitude e disse que quando trabalhou no Treze, “uma ou duas pessoas fizeram isso também”.
 
As declarações de Celso têm um alvo: o gerente de futebol do Galo, Gil Baiano, a quem o comandante rubro-negro atribui a tentativa de contratar o meia do Campinense.

Compartilhe isso

Comentários