Cartaxo pressiona oposições por definição ainda nesse mês de janeiro

Política 04/01/2018 às 14:05


 O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), parece não ter gostado nada das declarações do senador José Maranhão (MDB) afirmando que não tinha compromisso ou obrigação em apoiar um nome do PSD na disputa pelo Governo do Estado e, posteriormente, ter colocado todos os cargos da sigla à disposição da gestão para eventuais exonerações ou trocas.

Em entrevista nesta quinta-feira (04), Cartaxo pressionou publicamente os partidos de oposições para tomarem uma decisão já em janeiro desse ano, seja para marcharem juntos ou separados.
 
Ele lembrou que o MDB é governo, participando da administração não apenas com alguns auxiliares, mas, sobretudo, com  um vice-prefeito da legenda na gestão municipal, que é Manoel Júnior (MDB).
 
“O PMDB faz parte da nossa gestão, esteve conosco na eleição passada, o PMDB tem um vice-prefeito de João Pessoa. Se o PMDB está na nossa gestão é porque acredita que estamos fazendo uma administração que é importante, que é boa para cidade, para o povo de João Pessoa. Nós temos toda a disposição de continuar fazendo esse debate. Agora temos que chegar num determinado momento e decidir. A meu ver janeiro é um mês importantíssimo nesse sentido. Deixar para o carnaval, depois você deixa para Semana Santa e acaba tomando uma decisão muito próximo do prazo de abril. Esse mês de janeiro é essencial para isso. E tomarmos umas decisões importantes sobre o rumo da Paraíba. Na minha avaliação, nós temos um calendário eleitoral curto, intenso, que permite uma campanha pequena para um Estado com 223 municípios, e que é importante tomar a decisão. Cada um segue o rumo que quiser, agora que a gente tem que tomar a decisão, isso a gente tem”, disse Cartaxo.
 
Já o senador José Maranhão (MDB) e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) têm dado declarações de que devem deixar essa definição apenas para o prazo final para a desincompatibilização, ou seja, 07 de abril.
 
 

Compartilhe isso

Comentários