Artesãos e artistas ganham novo espaço para exposições e vendas na Paraíba

Cultura 05/01/2018 às 10:07


 Artistas plásticos e artesãos de João Pessoa vêem com otimismo o projeto ‘Celeiro Criativo’, que será colocado em prática pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) nos próximos dias, através do Programa João Pessoa Artesã (JPA). A iniciativa vai funcionar em um espaço no bairro do Altiplano, para reunir, além de artes plásticas e artesanato, cultura popular, com o objetivo de divulgar para a população local e turistas, produtos de qualidade e obras de artes exclusivas, confeccionadas pelos artistas locais.

 
O projeto é comemorado por artistas e artesãos da Capital. “É uma maneira de nós apresentarmos o nosso trabalho para o público. João Pessoa precisa desse projeto, para funcionar como uma espécie de pólo”, disse o artista plástico e artesão, Babá Santana, que trabalha há mais de uma década na Capital. “Meu trabalho é vendido para fora do Estado e até do País, porque, até então eu não tinha um lugar de venda aqui na minha própria cidade”, conclui.
 
Já Selma Sanches, artista e escultora carioca, que vive há 15 anos em João Pessoa, ressalta dois aspectos positivos com a chegada do ‘Celeiro Criativo’. O primeiro, segundo ela, diz respeito oportunidade de comércio do seu trabalho. O outro ela se refere ao valor cultural, onde as pessoas vão ter mais acesso às obras de grandes artistas.
 
“O meu trabalho é arte contemporânea, que fala de sentimento, minhas vivencias pessoais e da maneira como eu vejo o mundo e as coisas ao meu redor. Acho muito importante o projeto, porque vem pra somar com nosso trabalho. Acredito que será importante para a classe artística e para as pessoas, que terão conhecimento das obras que são produzidas aqui”, conclui.
 
Cidade Criativa - Recentemente João Pessoa passou a integrar a Mundial de Cidades Criativas da Unesco (UCCN), reconhecimento pela sua relevância como vitrine e como grande porta de saída da produção artesanal de todo o estado da Paraíba. “O Celeiro será um importante espaço para estimular a participação de artesãos e artistas, colocando em vitrine seus produtos, destacou Maisa Cartaxo, Primeira Dama da Capital e Coordenadora do João Pessoa Artesã (JPA).

Baba Santana – Possui ateliê no bairro de Mangabeira. O artista trabalha com artesanato, confeccionando peças através da técnica naife, papel machê e papietagem. Expõe seu trabalho em galerias da Capital, alem de ministrar palestras e oficinas para adolescentes e idosos pertencentes a projetos sociais.

Selma Sanches – Pós graduada em história da arte, Selma Sanches vive há 15 anos em João Pessoa, local onde a artista dá vazão a sua criatividade artística em esculturas e pinturas. Atualmente ela está com a exposição Integridade, na Estação das Artes, no Altiplano. Também é professora de arte e possui ateliê, em Intermares, região metropolitana da Capital.

Compartilhe isso

Comentários